Cosmologia e Simbolismo

Nos últimos 600 anos, a distância entre ciência, filosofia e religião só tem aumentado. Isso se deve em grande medida à perda de um “modelo máximo” de síntese desses três campos do conhecimento. Esse modelo pode ser encontrado principalmente nas antigas ciências cosmológicas e no simbolismo que elas fornecem, tornando este estudo fundamental para quem quer se orientar em meio à fragmentação do conhecimento no mundo contemporâneo.